PS aprova redução do preço das refeições escolares

PS Açores - 19 de janeiro

O Parlamento dos Açores aprovou esta quinta-feira um diploma que reduz o custo das refeições escolares nos bufetes e cantinas escolares da Região. Esta iniciativa foi inicialmente proposta pelos partidos da coligação PSD-CDS/PP-PPM, que depois a retiraram, tendo sido adotada pelo Partido Socialista, que garantiu a sua aprovação, em benefício das famílias Açorianas.

Intervindo no debate, na cidade da Horta, Ana Luísa Luís realçou que, com esta proposta do PS, as famílias Açorianas “vão poder beneficiar da redução das refeições escolares, redução esta que será ainda majorada em 25% nos próximos dois anos letivos, com aplicação já neste ano de 2023”.

“O PS introduziu uma norma transitória que permitirá baixar ainda mais as refeições escolares em 2 anos letivos, uma redução de 25% que se justifica pela conjuntura que atravessamos e que envolve um aumento das taxas de juro, dos combustíveis, da energia e dos bens alimentares de primeira necessidade”, apontou a parlamentar do PS/Açores.

Frisando que a redução do preço das refeições escolares neste contexto de crise inflacionária era o “objetivo último deste diploma”, Ana Luísa Luís realçou que a proposta agora aprovada por unanimidade “introduz também normas de qualidade e organização dos bufetes e cantinas das nossas escolas”.

A deputada do GPPS sublinhou que o PS “esteve sempre convicto, desde a primeira hora, do mérito desta iniciativa”, ao contrário dos seus autores originais, os partidos da coligação de direita que, “efetivamente, não pretendiam que as famílias beneficiassem desta redução, daí terem retirado a iniciativa”.

Ana Luísa Luís realçou o “espírito de consensualização entre o PS e os restantes partidos com assento parlamentar”, que permitiu chegar à versão final do diploma.

“Este é um contributo do PS/Açores, que irá permitir desonerar as famílias Açorianas num momento de crise, beneficiando-as nos próximos dois anos letivos”, finalizou a deputada socialista, Ana Luísa Luís.