Investimentos nos Miradouros das Eiras do Maranhão e do Caldeirão não avançam, alerta Lubélio Mendonça

PS Açores - Há 5 dias

Lubélio Mendonça, deputado do PS eleito pelo círculo eleitoral da ilha do Corvo, denunciou esta quinta-feira, que os projetos do Miradouro das Eiras do Maranhão e de requalificação do Miradouro do Caldeirão foram esquecidos pelo Governo Regional.

O deputado recordou que este investimento “com um valor global de 120 mil euros”, foi apresentado pelo anterior Governo do PS, em junho de 2020, no qual se destacou a importância deste investimento numa perspetiva de “recuperar e valorizar o património natural e cultural”.

“Estas duas intervenções, à semelhança de outras centenas que decorrem por todas as ilhas, são, em primeiro lugar, uma forma de valorização dos nossos espaços, do nosso património, garantindo melhores condições, desde logo aos Corvinos, para que usufruam do seu património cultural e ambiental”, sublinhou Lubelio Mendonça.

Tendo já decorrido mais de dois anos desde a apresentação dos projetos de requalificação destes “locais emblemáticos da ilha do Corvo”, o socialista lamenta os “significativos atrasos nestas obras”, pelo que o Grupo Parlamentar do PS solicitou, através de requerimento entregue na Assembleia Legislativa Regional a “descrição de todos os procedimentos já efetuados até ao momento”.

Os socialistas pretendem também que o Governo esclareça “quais os procedimentos que faltam concretizar” e “qual a sua calendarização”.