Manuel José Ramos defende criação de postos de trabalho de base tecnológica como forma de combate ao despovoamento na Graciosa

PS Açores - 10 de maio

“Precisamos travar uma batalha dura contra o despovoamento”, considerou Manuel José Ramos, esta terça-feira, no parlamento dos Açores. O deputado intervinha na sessão de perguntas ao Governo Regional sobre o futuro da ilha Graciosa.

O deputado do PS, eleito pela Graciosa, disse que a Graciosa “tal como foi aqui referido, a Graciosa não está estagnada, nos últimos 20 anos tem tido “evolução quer na saúde, quer na educação, quer na agricultura”.

“É preciso continuar o desenvolvimento social e económico da ilha Graciosa, é necessário criar postos de trabalho adequados e de base tecnológica fundamentalmente, para que os jovens que partiram para fazer as suas formações regressem à ilha e consigam apoios ao empreendedorismo”, considerou Manuel José Ramos.

O parlamentar mencionou projetos de base tecnológica angariados pelos governos da responsabilidade do PS, como é o caso do “projeto ARM [Atmospheric Radiation Measurement] ou do Younicos, que são projetos muito importantes que empregaram cidadãos e jovens Graciosenses”.

Manuel José Ramos acredita que essa é uma das grandes preocupações e “é um pilar fundamental para que haja desenvolvimento socioeconómico na ilha. É preciso gente para se desenvolver os comércios, para desenvolver qualquer projeto é preciso gente”.