Comunicado: PS/Faial repudia declarações do Presidente da ANA a propósito da ampliação da pista do Aeroporto da Horta

PS Açores - 7 de outubro

O Secretariado da ilha do Faial do Partido Socialista condenou, esta quarta-feira, as declarações do Presidente da Comissão Executiva da ANA, Thierry Ligonnière, que, em audição regimental na Assembleia da República, admitiu a possibilidade de redução da pista do Aeroporto da Horta.

Para os Socialistas do Faial, “levantar esta hipótese quando foi criado um grupo de trabalho para estudar e avaliar a necessidade de se ampliar esta infraestrutura é ofensivo para todos os Faialenses, e deita por terra todas as aspirações que tem vindo a ser encetadas ao longo dos anos”.

Nesse contexto, e face às conclusões após a audição a Thierry Ligonnière, no âmbito do requerimento apresentado pelo Partido Socialista, o Secretariado de ilha do Faial veio defender a necessidade de que o Presidente da Comissão Executiva da ANA interceda, junto da VINCI, “para que não considerem sequer a hipótese de redução da pista do Aeroporto da Horta”.

Nesta matéria, o PS/Faial já havia manifestado o seu descontentamento, em julho do presente ano, face à possibilidade de a empresa concessionária daquela infraestrutura equacionar implementar as áreas de segurança, também conhecidas por “RESA”, na atual dimensão da pista, significando, esse facto, uma efetiva redução da área útil daquela infraestrutura.

Recordam, a este propósito, a reunião conjunta entre o Governo Regional e a ANA/VINCI, na qual o próprio José Manuel Bolieiro manifestou a sua satisfação com a assunção da responsabilidade por parte da ANA, num encontro no qual deixou expresso o compromisso de “cooperação”, entre ambas as entidades, para encontrar o cofinanciamento adequado.

Assim, e para o PS/Faial “falta agora os governos fazerem a sua parte e assumirem que garantem o devido financiamento” sendo que importa perceber se José Manuel Bolieiro está disposto a cumprir com o assumido ou se afinal concordará com a posição defendida pelo Partido Socialista de que deverá ser a República a pagar o investimento”.

“O Secretariado do PS só pode lamentar o silêncio deste Governo Regional que, suportado pelo PSD, CDS/PP e PPM, até há bem pouco “prometiam fazer mais e melhor neste processo, mas que agora o que a realidade comprova é uma total subserviência e conformação perante as intenções da ANA/VINCI que contrastam, em absoluto, com aquilo que os Faialenses pretendem para o Aeroporto da Horta”, afirmou o PS Faial.

O Secretariado reitera, ainda, o trabalho desenvolvido, quer pela Câmara Municipal da Horta, quer pelo deputado João Castro, que recolocaram o assunto na agenda política. Os Socialistas concluem, recordando que “os constrangimentos que se fazem sentir para a ampliação da pista do aeroporto da Horta decorrem do facto do PSD ter privatizado a ANA, não tendo acautelado este investimento no respetivo caderno de encargos”.