“Cortes no investimento público colocam em causa o aproveitamento dos fundos comunitários também no setor agrícola”, avisa Carlos Silva

PS Açores - 8 de setembro

“Vemos com preocupação o anúncio recente de cortes no investimento público, conforme tem sido anunciado pelo Governo Regional, porque isso irá colocar em causa o aproveitamento total dos fundos comunitários, não apenas no setor agrícola, mas, no fundo, na economia em geral”, afirmou Carlos Silva, depois da reunião dos deputados do PS/Açores com a Federação Agrícola.

“O Partido Socialista ouviu a Federação Agrícola dos Açores que nos veio apresentar aqueles que são os problemas que a lavoura enfrenta e que, como todos sabemos, vive uma situação complexa, difícil”. Aliás, como recordou o parlamentar, foram essas preocupações que levaram o PS a apresentar uma iniciativa que foi aprovada este ano na Assembleia Legislativa dos Açores.

“É uma recomendação importante e face às preocupações transmitidas nesta reunião, com a federação, ainda tem mais urgência em que o Governo Regional garanta a sua aplicação no imediato”, sublinhou o deputado do PS/Açores, lembrando que a iniciativa “visava garantir um preço justo pago ao produtor, que houvesse também uma estratégia para a comercialização do leite e que, no fundo, garantisse a valorização do leite”.

Carlos Silva reitera a preocupação “em relação aos cortes de 20%, anunciados pelo Governo, no investimento público” e, em resposta aos jornalistas, adiantou que os deputados têm uma palavra a dizer “na definição do sistema de incentivos, ao qual a indústria recorre para fazer investimentos” e “na aprovação do próximo Orçamento que, se tiver cortes, vai condicionar toda uma estratégia ao nível de investimento público - o que nos preocupa e também foi transmitido pela Federação, tendo em conta a situação complexa que vivemos”.