São Roque do Pico cria incubadora de empresas para estimular o empreendedorismo e o emprego

PS Açores - 10 de fevereiro

A Câmara Municipal de São Roque do Pico apresentou a 6 de outubro do ano passado a CRIAR TEC, a primeira Incubadora de Empresas do concelho, do Pico, e das ilhas do Triângulo que tem como mentores um conjunto de colaboradores de empresas de topo mundial.

Vocacionada para a incubação de empresas de base local e tecnológica, a CRIAR TEC constitui mais um importante passo da Câmara Municipal de São Roque do Pico no continuado apoio a entidades, empresas e empreendedores, que pretendam firmar ideias e projetos com potencial económico, portadores de interesse para o desenvolvimento e competitividade local, regional e nacional.

Nesta fase de lançamento, a CRIAR TEC tem como parceira a Azores X, que beneficiando da experiência e dos contactos estabelecidos ao longo de anos em Silicon Valley no ramo das tecnologias pelo seu CEO, Roberto Lino, já assegurou um importante lote de mentores vindo de organizações como a Apple, Skype, Microsoft, eBay, Cisco, Lucas Film, Zoom, Nike, Webex, MTV e a Adobe, entre outras, que podem oferecer um manancial importante às empresas incubadas a nível de experiência e know-how, bem como de ligações a financiamento.

Esta incubadora pretende alojar temporariamente projetos empreendedores, de pequenas e médias empresas, em novas áreas de negócio que possam instalar-se no concelho de São Roque do Pico para estimular o empreendedorismo, criar postos de trabalho e fixar profissionais qualificados no concelho. 

Estes propósitos foram reforçados na apresentação de a CRIAR TEC pelo Presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico. Mark Silveira assumiu que a criação da Incubadora de Empresas tem como principal objetivo “desenvolver o tecido económico-empresarial para que possa haver mais postos de trabalho, mais emprego e maior valor acrescentado, tornando São Roque do Pico mais atrativo para a fixação de população em geral, mas de jovens em particular, recentemente formados, aumentando a nossa massa crítica”.

“A CRIAR TEC pretende deste modo impulsionar a criatividade empresarial dos residentes e não residentes, alojando temporariamente projetos empreendedores, de pequenas e médias empresas, em novas áreas de negócio que possam a vir potencialmente fixar-se em São Roque do Pico constituindo mais um importante passo desta Câmara Municipal no continuado apoio a entidades, empresas e empreendedores”, afirmou o autarca, sublinhando que “a primeira incubadora de empresas do Pico e das ilhas do Triângulo pretende, assim, estimular os jovens a participar na vida empresarial de São Roque do Pico promovendo o surgimento de soluções para o seu futuro e para o futuro do concelho”.

Com parceiros como o TERINOV, StartUp Angra, Praia Links, PALCUS, Associação Comercial da Ilha do Pico, Associação de Agricultores da Ilha do Pico, Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico, Escola Profissional do Pico, Escola Profissional da Horta, Clube Naval de São Roque do Pico, LavaImagem, Grupo Invest, Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico, Rede Nacional de Incubadoras e com a Portugal Ventures, que é um fundo de capital de risco de 184 milhões de euros, a CRIAR TEC conta com a colaboração de entidades com experiência em incubação e formação, mas pretende, também, contribuir para a rede regional e nacional de incubadoras com a sua rede de contatos e know-how.

Apesar de estar a dar os primeiros passos a CRIAR TEC é considerada um caso de sucesso, constituindo-se como um verdadeiro centro de incubação, inovação e aceleração de empresas. Esta dinâmica pode comprovar-se pelo aumento exponencial da procura, passando em apenas 30 dias de quatro para 15 empresas incubadas, abrangendo diferentes áreas, desde o Turismo, à Saúde e Bem-estar, passando ainda pela Restauração, Investigação, Pescas, Construção Naval, Tecnologia, Cosmética, Indústria alimentar, Apoio domiciliário, Desporto Náutico e Exportação e Distribuição.