PS Açores saúda manutenção do contingente Açores para acesso ao Ensino Superior

PS Açores - 17 de janeiro

“O Partido Socialista dos Açores ouviu com satisfação as declarações da Senhora Ministra do Ensino Superior de hoje, comprometendo-se com a manutenção do contingente de acesso ao ensino superior pelos estudantes das Regiões Autónomas”, refere Berto Messias, reagindo ao anúncio da Ministra referido hoje na visita que está a desenvolver à Ilha de Santa Maria.

Segundo o Vice-Presidente do PS Açores, “esta é uma decisão acertada sobre uma matéria que, na nossa perspetiva, deve ser intocável, tendo em conta os objetivos definidos para a existência de um contingente de acesso ao ensino superior para os estudantes da nossa Região”.

“Naturalmente que é legitimo que o Governo da República avalie e equacione o que entender sobre os mecanismos existentes de acesso ao ensino superior, mas nesse âmbito parece-nos que a existência e manutenção do regime atual de um contingente Açores faz todo o sentido, não só pelas nossas especificidades e características geográficas incontornáveis, mas também pelo contexto atual”, refere Berto Messias.

Para o dirigente socialista, “é também fundamental que no debate público que se gerou em torno desta matéria, não fique a ideia de que os estudantes açorianos têm qualquer tipo de tratamento especial ou facilitado nas provas nacionais de acesso ao ensino superior, porque tal não acontece e, por vezes, estes temas geram confusão na opinião pública, como se houvesse algum benefício desadequado ou injusto para com os Açores ou, neste caso, para com os estudantes açorianos”.

“Saudamos assim o encerramento de quaisquer dúvidas sobre o fim do contingente Açores com base nas declarações inequívocas da Senhora Ministra Elvira Fortunato, reiterando a importância deste mecanismo, no passado, no presente e, certamente, no futuro”, afirma Berto Messias.